Voltar

Esteiras industriais mantêm sua produção acelerada

As esteiras industriais vieram para acelerar os processos de distribuição na indústria. Elas atuam de forma eficiente e contínua como uma solução prática e facilitadora na produção do seu produto. Neste post, vamos conhecer mais detalhes sobre esta peça.

Benefícios das esteiras industriais

As esteiras industriais podem ser utilizadas de forma fixa ou móvel, pois possibilitam o transporte de cargas em série. Isso proporciona um maior controle de seu produtos, feitos de forma contínua.

Logo, esse processo facilita o transporte, o carregamento de caminhões e a descarga de mercadorias para seus destinos finais, como centros de distribuição, lojas e mesmo residências.

Portanto, todo o processo de logística ganha velocidade e há um ganho positivo na relação custo-benefício ao utilizar as esteiras industriais.

Detalhes da esteira industrial

Tipos de esteiras industriais

Agora que você já conhece para que servem as esteiras industriais, vamos olhar algumas aplicações deste tipo de aplicação industrial existentes:

  • Esteiras Flexíveis ou Móveis:
    Este tipo de esteira industrial é muito utilizada em logística e armazéns com constante entrada e saída de produtos. Por isso, costumam ser fabricadas com materiais galvanizados. Este processo envolve a aplicação de uma camada protetora de zinco ou ligas de zinco a uma superfície de aço ou ferro para evitar a corrosão destes. Isso garante, logo, sua longevidade e resistência aos impactos.
  • Esteiras Fixas:
    Este tipo de esteira industrial costuma ser colocada em locais de carga e descarga de caminhões de transporte, de forma fixa. Elas possuem alta resistência a impactos, já que suportam pesos elevados, e costumam ser motorizadas. Assim, o transporte é feito rapidamente.

A corrente que mantém o ritmo

Outro item que faz a diferença no funcionamento das esteiras industriais são as correntes industriais. Assim como num modelo chave-fechadura, é importante prestar atenção no estilo de produto a ser adquirido. Por isso, prefira aqueles de qualidade e alto rendimento para estes equipamentos, como as correntes DID.

Elas são produzidas dentro de normas exigentes, como as do padrão americano (ANSI) e a norma BS/DIN (padrão inglês). As variações envolvem as correntes de passo longo, reforçada e especial, todas com alto nível de qualidade e resistência à fadiga. Sua produção estará sempre acelerada! Conheça nossa linha de correntes industriais.