Voltar

Qual a diferença entre a moto de enduro e de motocross?

Confira detalhes sobre cada uma destas motocicletas esportivas

As competições com motocicletas movimentam não apenas o país, mas o mundo inteiro. Aliás, os eventos envolvendo as motos estão cada vez mais frequentes. E no meio de tantas modalidades, duas se destacam: motocross e as competições com moto de enduro.

Mas você sabe qual as principais diferenças entre os veículos utilizados para as disputas? É sobre isso que vamos falar ao longo deste texto. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e confira!

Diferenças entre os modelos

Primeiramente, entre as características distintas podemos destacar a leveza da motocicleta. Desse modo, o motocross precisa de uma opção com motor mais potente enquanto a moto de enduro trabalha com um sistema um pouco mais leve.

De acordo com especialistas do segmento, as motos para motocross são consideradas mais brutas. Pois são desenvolvidas para competirem em diferentes tipos de solo, com obstáculos como excesso de água, lama e pedras.

Este tipo de motocicleta conta com algumas particularidades, como, por exemplo, ângulo de suspensão da frente mais aberto para ter mais estabilidade. Do mesmo modo, as suspensões são mais duras, já que precisam absorver os impactos dos grandes saltos.

Já a moto de enduro tem detalhes de afinações nas suspensões, que são mais macias e progressivas.

Mas hoje queremos detalhar as diferenças entre estes dois tipos de motocicleta. Veja:

Motocross:

  • Conta com aro traseiro 19;
  • Não tem faróis;
  • As marchas são mais curtas e o tanque de combustível com capacidade menor;
  • Tem melhor reposta em entradas e saídas de curvas e saltos;
  • A primeira e a segunda velocidade são mais longas e a quinta é mais curta.

Moto de enduro:

  • Conta com aro traseiro 18;
  • Tem a presença de faróis;
  • Suas marchas são mais longas e o tanque de combustível tem capacidade maior;
  • Tem um desenvolvimento melhor em trilhas mais complicadas e a curva de binário proporciona a chance de ter rotações mais baixas;
  • A primeira e a segunda velocidade são mais curtas e a quinta é mais longa.

moto de enduro

Permissão

Sem dúvidas, existem diversas diferenças entre esses dois tipos de motocicleta. No entanto, ambas são muito apreciadas por quem ama a união de adrenalina, aventura e esporte.

Mas um dos principais questionamentos sobre essas motos é se é permitido que elas circulem em locais que não sejam esportivos.

De fato, não existe nenhuma autorização legal para que os usuários de motocross utilizem a motocicleta em vias públicas. Dessa forma, para participarem dos eventos, elas são transportadas até o local.

As motos de enduro podem circular em trilhas, em estradas e até nas ruas, já que possuem matrícula e itens como pedal de descanso e faróis. Porém, para isso elas precisam estar de acordo com as normas de tráfego rodoviário.

Como funcionam as provas?

Inegavelmente, existem diferenças também entre os tipos de provas realizadas com estas motocicletas. O motocross, por exemplo, é uma disputa que ocorre em um circuito fechado. Assim, a competição conta com obstáculos naturais, geralmente chamados de step down, step up, mesas, paredes em curvas, entre outros.

A pista, que é larga, geralmente tem entre 1.500 m e 2.000 m e os pilotos devem saltar e ultrapassar as barreiras. Durante a prova, os competidores partem juntos e disputam baterias que duram cerca de 30 minutos cada. Neste caso, vence quem completar a corrida primeiro.

Do mesmo modo, as provas de enduro enfrentam alguns obstáculos. Os campeonatos são realizados também fora das pistas, onde 30% do total do terreno é de asfalto.

Geralmente, a disputa é feita em terrenos com no mínimo 200 km de extensão e alguns obstáculos naturais. Para começar, os pilotos largam em grupos, separados por apenas alguns minutos. Dessa forma, cada um deles realiza o trajeto em um momento e vence quem melhor se ajustar ao período.

Além disso, cada modalidade conta com suas categorias. As principais do motocross se chamam MX3, MX1, MX2 e as de enduro são conhecidas por E1, E2 e E3.

Exemplos de motos para cada categoria

Nada melhor que um exemplo prático para entender as reais diferenças entre as motos de enduro e motocross. Por isso, queremos explicar com os nomes de modelos que se encaixam em cada uma das modalidades.

As motos Honda CB 300R e Yamaha YZ 125, por exemplo, são motocicletas para as categorias de motocross. Já a Yamaha WR 250F e a Honda CRF 250X acompanham os pilotos das provas de enduro.

Agora que você já sabe as diferenças entre uma moto de enduro e uma de motocross, que tal conhecer as melhores correntes para sua motocicleta esportiva?

Temos inclusive uma série feita para campeões. Então clica aqui e confira agora mesmo os detalhes de nossos produtos, que podem te oferecer mais segurança e desempenho surpreendente.

E se você gostou deste texto, compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas fiquem por dentro do assunto. Além disso, continue de olho em nosso blog, pois em breve teremos mais matérias como essa!