Voltar

Saiba quais peças da moto apresentam mais problemas frequentes

Cabos de embreagem e pneus fazem parte desta lista

 

De fato, os apaixonados por motos sabem que para que o veículo mantenha seu bom funcionamento é preciso tomar alguns cuidados especiais. Aliás, o automóvel está cada vez mais resistente, tecnológico e cheio de recursos. Desse modo, é necessário ter ainda mais atenção com eventuais defeitos. Para te ajudar a ficar de olho em alguns componentes, decidimos listar quais peças da moto apresentam mais problemas. Quer saber quais são elas? Confira a seguir!

Embreagem

Sem dúvida, entre as peças da moto que mais apresentam problemas estão os cabos de embreagem. Aliás, um cabo rompido ou danificado por prejudicar o funcionamento da moto. Por isso, é fundamental observar o posicionamento do manete. Pois quando o item não está posicionado de forma correta, pode causar o rompimento do cabo.

Velas de ignição

Sem dúvida, é pouco comum que as motocicletas com injeção eletrônica tenham problemas com as tradicionais velas de ignição dos automóveis carburados. Mas, é preciso atenção, já que um defeito nessa peça pode impedir que a motocicleta ligue ou funcione normalmente.

peças da moto

Pneus

Os pneus também estão entre as peças da moto que mais causam imprevistos. Dessa maneira, os danos são causados por conta do atrito constante com os diferentes tipos de solo. Portanto, é fundamental sempre observar a calibragem e evitar deixar o pneu muito sujo, pois o excesso de sujeira pode prejudicar o produto.

Pistão

É comum que o pistão sofra impactos quando ocorre alguma falha no motor da motocicleta. Além disso, a corrente de comando também pode ser afetada com a disfunção. Desse modo, a dica é apostar na manutenção preventiva para que uma equipe de mecânicos acompanhe o funcionamento do seu veículo e identifique possíveis problemas.

Freios

Por fim, os freios também integram a lista das peças da moto que apresentam maiores adversidades. Com os atritos entre os componentes, o desgaste afeta as pastilhas e os freios. Por isso, o recomendado é fazer a troca em algumas peças antes que elas quebrem e prejudiquem o sistema inteiro. Afinal, trata-se de um item que pode colocar a segurança do motociclista em risco caso não esteja funcionando adequadamente.

 

Gostou do nosso texto? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas fiquem por dentro deste assunto.

 

Caso queira conhecer as melhores correntes e kits de transmissão para sua moto, basta acessar o nosso site!