Voltar

Agronegócio e a vez das mulheres na indústria agrícola

Cada dia mais, elas conquistam o agronegócio, assumem funções de gestão e atuam diretamente na indústria agrícola. Neste texto, vamos contextualizar este cenário agrícola do ponto de vista delas, que estão colocando a mão na massa. E nas máquinas.

Liderança Feminina na indústria agrícola

Seja na indústria agrícola ou em outro setor, a liderança exige preparação. Isso porque um bom líder deve, além de inspirar sua equipe, incentivar a formação de novos líderes. Em um país de indústria agrícola tradicionalmente dominada por homens, a presença de mulheres no setor inspira e ainda causa espanto.

Porém, a sororidade entre o gênero e a superação de estereótipos fortalecem o crescimento destas líderes na indústria agrícola. Ainda não é fácil ser mulher na indústria agrícola, mas ela estão cada vez mais presentes e preparadas para dominar o setor.

Mais mulheres, menos discriminação

Apesar da presença ainda tímida de mulheres na indústria agrícola, este número tem aumentado nas últimas décadas. De acordo com levantamento da Corteva AgriscienceTM em 17 países em 2018, 63% das brasileiras afirmarem haver menos discriminação na indústria agrícola do que há dez anos atrás.

Em posições de comando dos negócios ou operando máquinas, elas ainda buscam mais acesso a treinamentos na área da indústria agrícola. Este aumento também justifica o aparecimento de instituições e eventos do setor direcionados especificamente para o gênero.

mulher na plantação

Mercado que cresce e se especializa

A presença feminina na indústria agrícola tem se destacado e o mercado tem acompanhado este movimento. A ONU decretou em seu calendário o dia 15 de outubro como Dia Internacional da Mulheres Rurais, fortalecendo ainda mais a causa.

Outro motivo que impulsiona o crescimento de instituições direcionadas às mulheres na indústria agrícola é o maior tempo de estudo delas. Isso colabora para que as profissionais cheguem ao mercado mais especializadas e preparadas para processos de tomada de decisão.

Como incentivar a presença feminina na indústria agrícola

Por fim, a pesquisa ainda questionava quais os passos para que as mulheres tenham mais acesso na indústria agrícola. Os pontos citados foram:

  • Mais treinamento em tecnologia (80%);
  • Mais educação acadêmica (79%);
  • Mais apoio – jurídico e de outras formas – para ajudar as mulheres na agricultura que sofrem discriminação de de gênero (76%);
  • Comunicar ao público em geral os sucessos e contribuições das mulheres na agricultura (75%);
  • Sensibilizar o público para a discriminação de gênero na agricultura (74%).

A mudança de cultura é algo que todos podem fazer para que tenhamos uma indústria agrícola mais especializada e com espaço para todos.